segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Esclareça suas duvidas sobre deformidade dento faciais, cirurgias ortognáticas e ATM

Especialista em correções de deformidades dento-faciais esclarece dúvidas acerca do diagnóstico e tratamento das disfunções de ATM

Os atos de falar, mastigar, deglutir e bocejar exigem o trabalho de uma das articulações mais complexas e fundamentais do corpo humano, a articulação temporomandibular (ATM), que liga a mandíbula ao crânio e está relacionada a diversos fatores que garantem bem-estar e qualidade de vida. Quando algo não vai bem, no entanto, essa articulação pode ser sobrecarregada, sofrer traumas ou apresentar processos inflamatórios, infecciosos, autoimunes e degenerações, resultando em disfunções no sistema que provocam dor na face, entre outros sintomas.
Dificuldade ao mastigar e falar, estalos ao abrir e fechar a boca, dores de cabeça, dor ou zumbido nos ouvidos, pressão perto dos ouvidos, espasmos musculares na face e problemas para dormir são alguns dos sintomas que podem indicar as disfunções da ATM, segundo o Cirurgião Buco-Maxilo-Facial Daniel Gaziri. “É preciso estar atento aos sintomas e buscar a avaliação de um especialista para determinar o correto diagnóstico e o tratamento adequado”, ressalta. Na área há 10 anos, Gaziri é mestre e doutor em cirurgia e traumatismo buco-maxilo-facial pela PUCRS e especialista em correções de deformidades dento-faciais. Além de atender em consultório, ele atua como chefe do serviço de cirurgia buco-maxilo-facial do Hospital Araucária, onde coordena a equipe de deformidades dento-faciais, contando com a participação do Me. José Augusto Camargo e do Dr. Marcos Heidy Guskuma; e, desde setembro do ano passado, integra o corpo clínico do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, na área de cirurgias de correção de deformidades da face e articulações temporomandibulares.
Diagnóstico
A ATM é formada por um complexo sistema de músculos, ligamentos, disco articular (menisco) e ossos que movem a mandíbula para frente, para trás e para os lados. Quadros em que há alterações nesse sistema, segundo o cirurgião Daniel Gaziri, podem ser altamente deletérios. “Há casos em que a mandíbula chega a travar, outros em que o simples ato de comer ou falar provoca dor”, explica. O diagnóstico, de acordo com o especialista, é obtido após um detalhado histórico do paciente, com base em informações sobre seu estilo de vida, nível de estresse, se range ou aperta os dentes, uso de aparelhos ortodônticos, entre outros fatores; conjugados a exames de imagem. Para determinar o diagnóstico, o cirurgião buco-maxilo-facial poderá recorrer a exames como radiografias, tomografia, ressonância magnética e impressões 3D. “A ressonância magnética é considerada o exame mais importante, pois viabiliza um diagnóstico mais minucioso e preciso”, afirma doutor Gaziri.
Tratamento
Em muitos casos, o tratamento para as disfunções de ATM pode demandar um atendimento multiprofissional, envolvendo a atuação de diversos especialistas, como fisioterapeutas, psicólogos, neurologistas e ortodontistas. Os procedimentos cirúrgicos são necessários apenas em casos específicos. “Entre as indicações cirúrgicas estão desde as minimamente invasivas, como artroscopia, até a chamada cirurgia aberta”, complementa.
Tecnologia 3D
Uma técnica cirúrgica desenvolvida nos EUA, ao longo de anos de pesquisa, tem mudado para melhor a vida de muitos pacientes. Desenvolvida pelo Dr. Larry Wolford, autoridade mundial quando o assunto é cirurgia ortognática para correção de deformidades craniofaciais, e por outros profissionais de talento da área, como Dr. Louis Mercuri; a técnica inclui desde a aplicação de miniâncoras para refazer os ligamentos articulares até o implante de próteses 3D customizadas para restabelecer partes da articulação. Daniel Gaziri ressalta que a cirurgia não encerra o tratamento. “Cuidados pós-operatórios são importantes para recuperar a funcionalidade da articulação e o paciente precisa seguir as orientações de todos os profissionais envolvidos no tratamento para garantir o sucesso do procedimento”, afirma.
Daniel Gaziri - CRO 16967
Cirurgião Buco-Maxilo-Facial
Rua Senador Souza Naves, 1035 – Sala 03
(43) 3324-5553 – Londrina PR - www.danielgaziri.com
Publicado em julho/2015: Revista Sucesso